Portal 6

Com poucos casos confirmados, Anápolis pode não ter pico de contágio do novo coronavírus

(Foto: Danilo Boaventura)

Para manter a situação controlada, novas medidas contra a propagação da doença devem ser implementadas nos próximos dias

Quando as medidas de prevenção e atendimento para casos futuros do novo coronavírus em Anápolis foram anunciadas no último dia 13 de março pelo prefeito Roberto Naves (PP) , a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) projetava que o pico de contágio ocorresse em 20 dias, ou seja, neste início do mês de abril.

O pico de uma doença acontece quando se registram muitos casos em um curto espaço de tempo. Em Anápolis, até o momento, somente quatro pessoas tiveram o diagnóstico laboratorial da Covid-19 – sendo que, destas, duas encerraram o período de quarentena.

Há 81 casos suspeitos e a Semusa avalia que, além de surtirem efeitos nesses 20 dias, as medidas já implementadas seguraram a disseminação do novo coronavírus pela cidade e que, portanto, a tendência é que Anápolis não tenha um pico de contágio.

“Todas as ações adotadas pelo município estão sendo avaliadas todos os dias, com reuniões diárias da equipe que está coordenando a força-tarefa de enfrentamento ao coronavírus”, informou a assessoria de comunicação da Prefeitura de Anápolis em nota enviada ao Portal 6.

O isolamento social, aponta a Prefeitura de Anápolis, tem sido fundamental para que a situação se mantenha controlada. “A perspectiva é de continuar o trabalho de prevenção e manter toda a estrutura pronta para um possível surto de Covid-19, avaliando diariamente todos os cenários e identificando formas de prevenção”, frisa.

Medidas já implementadas contra a propagação do novo coronavírus em Anápolis

Medidas em implantação contra a propagação do novo coronavírus em Anápolis

Quer comentar?

Comentários