PublicidadePublicidade

Caiado sanciona lei que obriga presos, acusados ou investigados da Justiça a pagarem pelo uso da tornozeleira eletrônica

“É inadmissível que essa responsabilidade fique nos ombros da população goiana”, frisa governador

Karina Ribeiro -
Caiado sanciona lei que obriga presos a arcarem com tornozeleira. (Foto; Divulgação)

A Lei assinada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) nesta terça-feira (o5) impõe a cobrança pelo uso da tornozeleira eletrônica não só pelo condenado à prisão domiciliar, mas também acusados e investigados pela Justiça.

O documento estabelece que eles também terão que arcar com a manutenção de equipamento, além de poderem ser responsabilizados por qualquer dano ao acessório.

Atualmente, o universo de mais de 4,6 mil detentos estão sob essa condição. Com um custo mensal de R$ 245, o governo vai economizar, no mínimo, R$ 13 milhões por ano.

PublicidadePublicidade

“Estado gasta uma fábula de dinheiro para manter essas pessoas encarceradas. Bandido já deu prejuízo demais à população”, argumenta o governador.

Além de Goiás, os estados de Santa Catarina e de Mato Grosso também adotaram a cobrança pelo uso do equipamento eletrônico de monitoração.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade