Papelarias de Goiânia e Anápolis estão abatendo até 100% do preço de livros escolares

Profissionais do ramo explicam na reportagem a dinâmica da negociação

Augusto Araújo -
Imagens de livros de matérias específicas de unidades de ensino. (Foto: Reprodução/ Secretaria Municipal de Anápolis/ Ana Laura Zanni).

O início do ano é sempre um período complicado para as famílias com filhos em idade escolar manterem a conta no azul. Além da fatura das festas de dezembro e impostos como IPVA e IPTU, a lista de materiais é mais um elemento que desequilibra essa balança financeira.

Embora o Procon Goiás tenha divulgado nesta segunda-feira (02) um aumento médio de 8,71% no preço dos itens escolares, há uma alternativa para quem quer aliviar um pouco o bolso: a compra e revenda de livros usados.

Portal 6 entrou em contato com comerciantes do setor de papelaria em Goiânia e Anápolis, que apontaram um desconto “camarada” para quem opta por esse tipo de comercialização.

“Os livros usados são 40% mais baratos do que os livros novos. Se o pai do aluno ainda trouxer mais livros usados de casa, esse desconto pode ser ainda maior”, explicou José Ronaldo Rafael, gerente do Armazém do Livro, em Goiânia.

O valor abatido é calculado de acordo com o estado de preservação do material. O livro também precisa estar atualizado, para que possa ser reaproveitado pela loja.

Para exemplificar, ele citou a diferença entre uma lista de compras para o sexto ano do fundamental, em um colégio particular da capital, com os valores de livros 100% novos e com metade deles reaproveitados.

” O preço sai de R$ 1.974,67 para R$1.366, sendo três novos e três usados. O livro de biologia, por exemplo, saiu de R$ 217 para R$127,80. Já é uma diferença significativa”.

Em Anápolis, as ofertas podem ser ainda mais vantajosas. Eduardo Dourado, gerente da Livraria Cultural Anápolis, afirmou que o desconto nos livros usados pode chegar até 50% do valor inicial, dependendo do estoque e procura.

“E se a pessoa trouxer livros usados, acaba sendo vantajoso tanto para nós, que temos mais estoque para outros clientes, quanto para ela, que ganha um desconto de acordo com o valor do livro”, explicou.

Segundo o gerente, os itens são avaliados individualmente e, dependendo da quantidade e valor do que for oferecido, o cliente pode até abater 100% do preço da lista de compras.

A agilidade de pais e responsáveis ao ir às compras também é apontado como uma espécie de ‘vantagem’. “Quanto mais rápido vierem, mais chances os pais terão de conseguir livros usados, pois quando começar aquele ‘tumulto’ no meio do mês, muitos já terão aproveitado o estoque para aliviar o bolso”, comentou José Ronaldo.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.