Portal 6

Após 21 anos, fábrica da Hering está encerrando as atividades em Anápolis

Demissões em massa já ocorrem há dois meses e linha de produção estaria indo para outra cidade do Estado

É comum passar pelas principais vias de Anápolis, como Avenida Pedro Ludovico e Brasil, e encontrar pessoas com o moletom azul da Hering indo trabalhar.

Essa cena, no entanto, não deverá mais ser vista, pois a empresa está encerrando definitivamente suas atividades na cidade.

A Hering, que teve sua história iniciada no Brasil ainda em 1878, chegou em Anápolis em 1997 e sempre foi considerada uma das indústrias de maior referência no DAIA.

A informação sobre o fechamento foi passada com exclusividade ao Portal 6 por um funcionário, que prefere não se identificar. Segundo ele, várias demissões já ocorreram ao longo dos últimos dois meses.

“Acho que não chega nem no final deste mês. Já foram mandados embora uns 300 funcionários de dois meses para cá. Se tiver 100 pessoas trabalhando lá agora é muito”, contou.

Conforme o colaborador, a única explicação repassada pela chefia da companhia sobre a decisão é que estão sendo feitos investimentos na fábrica de Goianésia.

“As facções já foram todas para lá. Os líderes e supervisor foram também. Agora só tem três setores funcionando na empresa e apenas um líder geral para comandar tudo”.

Apesar disso, ele afirma que a Hering pagou corretamente os direitos de todos os funcionários que foram mandados embora neste período.

Mesmo assim, os poucos que restaram ainda permanecem na incerteza, pois não há posicionamento do dia exato em que a empresa fechará as portas de vez.

A reportagem do Portal 6 tentou durante todo o dia entrar em contato com a Hering. Porém, os responsáveis pela empresa, tanto de Anápolis quanto de Blumenau (SC), onde funciona a sede, só poderão atender na próxima segunda-feira (13).

Responsável pela assessoria de imprensa da companhia, a Approach Comunicação Integrada também não atendeu os telefonemas.

Quer comentar?

Comentários