PublicidadePublicidade

Nomeação de Hélio Lopes para o Ipasgo enterra de vez o sonho do DEM anapolino

A juventude local do partido foi a que ficou mais sentida

Carlos Henrique Carlos Henrique -

Hélio Lopes presidiu a APAE de Anápolis, uma das melhores do país, por quase dez anos.

A posse dele como presidente do problemático IPASGO, além de atender à pressão de políticos anapolinos por mais espaço no Governo Caiado, passa alguns sinais interessantes.

O primeiro deles é que o DEM, partido em que se filiou com a pretensão de ser candidato a prefeito, não poderá mais abandonar o projeto de reeleição de Roberto Naves.

PublicidadePublicidade

Tanto é que o partido também recebeu um consolo ao ganhar um assento no primeiro escalão do governo municipal.

O advogado Fabrício Lopes da Luz, muito ligado a Carlos Cezar Toledo, o Cacai, assumirá a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

Em 2016, com Pedro Canedo e Miguel Marrula, o partido conseguiu 15% dos votos e um terceiro lugar na disputa pela Prefeitura.

A juventude democrata foi a que ficou mais sentida.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade