PublicidadePublicidade

Dinheiro foi o que motivou menor de idade a matar jovem com 11 tiros em Anápolis

Vítima estava com o avô quando teve a casa invadida no meio da madrugada

Da Redação Da Redação -

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil concluiu, na manhã desta terça-feira (24), as investigações sobre a morte de Guilherme de Lima Vieira, de 20 anos

O rapaz perdeu a vida na madrugada do último dia 27 de fevereiro, dentro da casa em que vivia, no Conjunto Filostro Machado, bairro da região Leste de Anápolis.

As investigações apontaram que os menores infratores entraram no local já armados e executaram Guilherme com 11 tiros, que acertaram a cabeça e o tórax. Ele havia saído do presídio semanas antes e estava com o avô.

Os dois envolvidos no ato infracional são menores. Um de 17 anos acabou morrendo em julho em um confronto com policiais militares.

O outro é um adolescente de 16, que foi apreendido e está no Centro de Atendimento Socioeducativo de Anápolis (CASE).

Durante o interrogatório, o garoto confessou ter atirado em Guilherme porque ele devia uma quantia de R$ 160 em drogas e estava “enrolando” para pagar.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade