PublicidadePublicidade

Operação policial pode estar próxima de encontrar e prender Lázaro Barbosa

Caminhoneiro afirma ter visto o serial killer atravessando rodovia na manhã desta terça-feira (15)

Da Redação Da Redação -
Lázaro Barbosa é procurado pelas forças de segurança de Goiás e Distrito Federal. (Foto: Divulgação)

As forças policiais de Goiás e do Distrito Federal permanecem atuando na mega operação montada para localizar e prender o serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos.

No início da manhã desta terça-feira (15), segundo o Metrópoles, um caminhoneiro denunciou tê-lo visto atravessando a BR-070, na região de Edilândia, e correndo novamente para dentro de outra mata.

O homem também foi visto na noite de segunda (14), quando teria invadido uma outra propriedade rural para pedir comida.

PublicidadePublicidade

Sabendo que se tratava de Lázaro, o caseiro, que não teve a identidade revelada, trocou tiros com ele e acredita que o suspeito pode ter sido ferido por algum disparo.

“Ouvimos um barulho e gritei com ele. Ele disse que ia entrar e o rapaz que estava comigo falou que iria ligar para a polícia, foi quando ele atirou e revidamos”, relatou aos agentes.

Em seguida, o serial killer teria gemido e dito: “Desgraçado, você me acertou, mas eu vou te matar”.

“Foi quando eu desliguei o relógio e falei que se ele entrasse eu ia matar ele”, declarou o caseiro, que afirmou saber que poderia receber a visita do criminoso e, por isso, se preparou e levou a esposa para a cidade.

Antes de ir embora, Lázaro ainda teria furtado cobertores, para se proteger da chuva, além de sacos de pano, lona e um frango vivo.

Um rastro de sangue chegou a ser localizado pelo policiais nas proximidades da chácara, mas não se sabe se é do assassino em série ou de animais que ele possa ter abatido para se alimentar.

Mais de 200 policiais (civis, militares, rodoviários federais e federais) estão participando da força-tarefa e usando drones, helicópteros e cães farejadores.

A expectativa é que Lázaro seja encontrado a qualquer momento.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade