PublicidadePublicidade

Casal arruma emprego em fazenda do interior e ao chegar lá é torturado como forma de “batismo”

Vítimas foram agredidas com golpes de facão e tapas, tendo que se esconder na mata antes de conseguir falar com a polícia

Augusto Araújo -
Marcas das agressões recebidas pelo trabalhador na fazenda de Santa Cruz. (Foto: Reprodução/ TV Anhaguera)

Um casal de trabalhadores rurais foi torturado por fazendeiros em Santa Cruz de Goiás.

A situação aconteceu no último domingo (3). Um homem e sua companheira teriam chegado 15 dias antes para trabalhar na fazenda em que foram agredidos.

Em um churrasco organizado no local, ambos teriam sido agredidos de repente, sem que os patrões tivessem sequer um motivo aparente.

PublicidadePublicidade

O casal relatou no boletim de ocorrência, registrado pela Polícia, que o patrão teria utilizado a lâmina lateral de um facão para desferir golpes nas costas do trabalhador, alegando estar “batizando” a vítima.

Já a mulher recebeu uma série de tapas da esposa do fazendeiro e teve seu cabelo cortado pelo facão. Um outro funcionário do local ainda teria segurado a vítima, para que a agressora pudesse fazer suas agressões.

O casal fugiu da propriedade e passou a noite escondido na mata, antes de chegar à Polícia Civil.

Eles apresentavam hematomas visíveis ao redor do corpo, ao se apresentarem aos agentes. O caso foi registrado como lesão corporal e ameaça.

 

 

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade