PublicidadePublicidade

Jovem é presa em Anápolis suspeita de espancar e deixar filhinha com várias fraturas

Bebezinha tinha apenas dois meses e precisou ser transferida para Goiânia com hematomas e sangramento na boca

Da Redação -
Entrada do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira, o HUGOL. (Foto: Divulgação / Lailson Damásio)

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis cumpriu o mandado de prisão preventiva contra uma jovem mãe, de 18 anos.

Ela é suspeita de agredir e machucar gravemente a própria filhinha, que, no momento do crime, tinha apenas 02 meses de idade.

O caso aconteceu em meados de julho. Na ocasião, a recém-nascida foi levada para a UPA Pediátrica, mas precisou ser encaminhada para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (HUGOL), em Goiânia.

PublicidadePublicidade

Na unidade hospitalar da capital, a bebezinha ficou internada por cinco dias consecutivos, para tratar sangramentos na boca e fortes dores abdominais.

Após a prisão, a mãe foi deixada à disposição do Poder Judiciário.

Enquanto isso, a Polícia Civil segue conduzindo uma investigação com ajuda de outras testemunhas e também de exames complementares do IML, que irão definir a extensão dos machucados sofridos pela garotinha.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.