Mais de meio milhão de brasileiros podem consultar se vão receber auxílio extra; veja o passo a passo

Governo Federal disponibilizou a quantia de R$ 2,4 bilhões para novo grupo de pessoas

Augusto Araújo -
Trabalhadores tem até R$ 4 mil de benefício extra; veja quem pode sacar
(Foto: Reprodução)

Mais de meio milhão de brasileiros estão liberados para consultar se tem direito às parcelas retroativas do Auxílio Emergencial em abril de 2022.

Isso porque o Governo Federal disponibilizou a quantia de R$ 2,4 bilhões para pais solteiros chefes de família que receberam a cota simples do benefício em 2020.

Os pagamentos começaram em janeiro de 2022 e cerca de 800 mil famílias já foram atendidas pela medida. Veja a seguir como realizar a consulta e se você é uma das pessoas que tem direito ao benefício e ainda não fez o saque.

Mais de meio milhão de brasileiros podem consultar se vão receber auxílio extra; veja o passo a passo

Primeiro, vale lembrar como funciona o pagamento do Auxílio Emergencial para o grupo de pais solteiros com direito ao benefício.

O valor varia entre R$ 600 e R$ 3 mil, de acordo com a quantidade de parcelas que o beneficiário recebeu em 2020.

Para exemplificar, quem recebeu cinco parcelas iniciais entre abril e agosto de 2020 terá direito a um valor extra de R$ 3.000.

Já para quem foi aprovado posteriormente e só recebeu uma parcela do Auxílio Emergencial 2020, o retroativo depositado pela Caixa será de no máximo R$ 600.

Como consultar

É possível descobrir se você terá direito à parcela extra fazendo a consulta pelo site da Dataprev. Acessando a plataforma, basta preencher nome completo, data de nascimento e número do CPF.

Além disso, é preciso seguir alguns requisitos para poder sacar o benefício. Sendo assim, é necessário que o pai solteiro esteja registrado no Cadúnico do Governo Federal.

Além disso, é requisitado que ele esteja cadastrado como Responsável Familiar e recebeu cota simples do Auxílio Emergencial.

Por fim, ainda é checado se o beneficiário não possui cônjuge ou companheiro(a) e se há na família pelo menos uma pessoa menor de 18 anos.

A consulta no site também segue disponível para os beneficiários do Auxílio Emergencial que desejam verificar algumas informações sobre pagamentos anteriores.

Siga o Portal 6 no Instagram: @portal6noticias e fique por dentro de todas as novidades!

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade