Depois de ida ao cabaré, idoso é enganado e acaba morto por dívida do amigo com tráfico

Dupla se divertia na noite, mas vítima não sabia que estava sendo levada para uma emboscada

Da Redação -
Corpo foi encontrado em mata perto do Rio do Peixe. (Foto: Reprodução)

Um idoso de 73 anos, identificado como José Gonçalves de Lima, foi encontrado morto numa mata de Rialma, a 177 km de Goiânia. A vítima foi assassinada com dois tiros e enterrada por um traficante de drogas da região e pelo próprio “amigo”.

O Portal 6 apurou que o homem estava desaparecido há seis dias. O filho dele foi quem procurou a polícia e informou sobre o sumiço.

O rapaz relatou que a última vez que o pai foi visto foi em um cabaré de um distrito de Nova Glória, cidade próxima a Rialma, com um amigo.

A Polícia Militar (PM) localizou o companheiro de noite da vítima, que confirmou que ele e José foram ao cabaré depois de encontrarem o puteiro no qual se encontrariam fechado.

Lá, o rapaz fez contato com um traficante da região com quem tinha dívida de R$ 800 para organizar uma emboscada e levar R$ 3 mil em dinheiro do idoso.

O colega de José então o levou do cabaré e parou o carro, simulando que houve uma avaria. Neste momento, o traficante chegou a pé e atirou pelo menos duas vezes na vítima, que estava sentada no banco do passageiro.

O amigo do idoso entrou em pânico quando observou-o em completa agonia e pediu ao atirador para socorrer a vítima, mas o suspeito determinou que ele silenciasse e seguisse suas ordens.

O carro com o corpo foi deixado na entrada do Rio do Peixe, em Rialma. O traficante pegou o dinheiro e um revólver que estava com José.

De moto, os dois suspeitos foram até a casa de outro traficante, pegaram algumas ferramentas e cavaram um buraco para ocultar o cadáver na mata.

Eles ainda jogaram álcool nos bancos do veículo e trocaram por outros. Depois, a dupla ainda foi para uma festa em Rialma.

O cúmplice de José ainda relatou que foi alvo de diversas ameaças do traficante, que jurou matá-lo caso revelasse o crime ou onde o corpo estava escondido.

Ele foi preso e conduzido à delegacia de Nova Glória. A Polícia Civil ainda investiga o caso.

O corpo foi localizado e removido com apoio do Corpo de Bombeiros. O Instituto Médico Legal (IML) realizou perícia no local.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.