PublicidadePublicidade

Cansado de sofrer racismo na internet, pastor de Anápolis tomou séria decisão

"Lugar de carvão é pegando fogo e assando carne para os ricos" foi uma das muitas frases absurdas endereçadas ao religioso

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -

Imagine do nada começar a receber ofensas nas redes sociais? Foi o que começou a ocorrer com um pastor de Anápolis que, cansado, decidiu não deixar barato e denunciar à Polícia Civil (PC).

Com prints, o homem de 43 anos, que é negro, mostrou ter sido chamado de “pretinho”, “macaco preto” e outros adjetivos racistas nos comentários do Facebook.

O autor dos ataques é um perfil que se apresenta como morador do Rio de Janeiro. “Lugar de carvão é pegando fogo e assando carne para os ricos”, foi outra frase absurda endereçada ao pastor.

PublicidadePublicidade

O 6º Distrito Policial (DP) investiga o caso. Na delegacia, o homem disse não conhecer o dono do perfil nem saber se ele é real ou fake.

Falou ainda que nunca adicionou a conta no Facebook e que muitos membros da igreja viram os comentários.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade