Triunfo Concebra confirma reajuste de mais de 100% no pedágio e justifica aumento

Empresa está em fase de entregar a concessão e alegou que "complemento tarifário" será devolvido em "haveres e deveres"

Rafaella Soares -
Pedágio da Triunfo Concebra na BR-060, em Goianápolis. (Foto: Divulgação)

A diretoria da Triunfo Concebra se reuniu na manhã desta sexta-feira (1º) com a imprensa goiana para falar sobre o aumento do pedágio nas rodovias que vai subir em mais de 100% a partir das 00h do dia 03 de abril.

Se atualmente os motociclistas pagam R$ 1,10 para passarem pelo pedágio de Goianápolis, com o reajuste, eles pagarão R$ 2,55. Já os motoristas de carro deixam de pagar R$ 2,20 e passam a desembolsar R$ 5,10.

Os valores chamam ainda mais atenção em outras praças do estado, como a de Itumbiara, em que há tarifas que se aproximam dos R$ 20. Veja a tabela na íntegra com os valores atualizados:

(Foto: Divulgação)

De acordo com o diretor executivo da Triunfo Concebra, Thiago Vitorello, esse “complemento tarifário” está previsto na relicitação acordada com o Governo Federal, em que a empresa tem até novembro de 2023 para entregar a concessão.

Nesse sentido, a justificativa é de que os valores serão utilizados para melhorias, uma vez que a empresa sofreu “desequilibrios” por não ter recebido, nos primeiros anos de prestação de serviço, um financiamento aprovado em R$ 2,5 bilhões que seria usado para execução de obras.

“Em julho de 2020 ainda teve uma redução e fez com que nossas rodovias se degradassem. A tarifa atual é insuficiente e a lei possibilita complemento tarifário que será dedicado aos serviços e que será devolvido no acerto de contas. Esse complemento é necessário e será compensado nos haveres e deveres”, afirmou.

Como a Triunfo está em período de transição para entregar oficialmente a concessão da via, a previsão é que não sejam realizadas mais grandes obras, apenas as mais tradicionais, como manutenção de pavimentação e atendimentos médicos e mecânicos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.