PublicidadePublicidade

Sem explicar porque não liquidou testes contratados de hospital privado, Semusa quer adquirir mais 20 mil

Pasta está há quase seis meses lidando com a pandemia da Covid-19 sem conseguir fazer o que especialistas dizem ser o básico

Caio Henrique Caio Henrique -

Oficialmente, Anápolis chegou somente nesta quarta-feira (09) a marca de 10 mil contaminados pela Covid-19. Com quase 400 mil habitantes, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o dado deixa claro dois problemas na estratégia do município em lidar com a pandemia que parou o mundo em 2020.

O primeiro deles, mesmo num cenário de contaminação comunitária, é a falta de testes para diagnosticar os infectados com o novo coronavírus, como recomendam as autoridades sanitárias.

O segundo é a evidente subnotificação de casos na cidade, o que torna altamente perigoso o convívio coletivo da população.

PublicidadePublicidade

A reportagem do Portal 6 até tentou buscar explicações por parte da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) sobre a política de testagem, sobretudo porque na semana passada o programa Dados do Bem – promovido em parceira com o Governo de Goiás e a Fiocruz – foi suspenso após problemas técnicos.

No entanto, até o fechamento da reportagem, nenhuma resposta foi enviada à redação do Portal 6, que quis saber:

– Qual a média da quantidade de testes pra Covid-19 realizados em Anápolis desde a suspensão da iniciativa “Dados do Bem”?
– Dos 5 mil testes adquiridos para o município em convênio com o Ânima, todos já foram utilizados? Se não, quantos ainda vão ser aplicados?
– A Prefeitura de Anápolis continua enviando testes para o Lacen? Se sim, qual tem sido a quantidade, por dia, de resultados devolvidos pelo laboratório ao município?

Grupos de WhatsApp

Se não teve tempo de responder os questionamentos da reportagem, a Semusa parece ter sido ligeira em compartilhar por meio de apoiadores um texto que diz que a ‘Prefeitura não abandonou a testagem em massa’.

A mesma publicação diz ainda que o governo municipal vai contratar outros 20 mil testes PCR (o do cotonete), que estariam em ‘fase final de aquisição’.

Outro detalhe chama a atenção no texto justamente por trazer a informação que o Portal 6 pediu à Semusa.

Os cinco mil exames contratados do laboratório instalado no Ânima Centro Hospitalar ainda não foram liquidados. A Semusa, oficialmente, permanece sem dizer o porquê.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade