PublicidadePublicidade

Estado terá de pagar caro por acidente grave que deixou morador de Anápolis paraplégico

Vítima estava voltando do trabalho quando tudo aconteceu e precisou ser socorrido pelos bombeiros

Carlos Henrique Carlos Henrique -

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), atualmente chamada de Goinfra, e o Estado de Goiás foram condenados a pagar uma indenização de R$ 60 mil para um morador de Anápolis que foi vítima de um acidente.

A sentença é da juíza Mônice de Souza Balian Zaccariotti, da Vara da Fazenda Pública Estadual do município.

Na ação, Ednaldo Moreira de Oliveira contou que estava retornando para casa de moto, depois de uma visita de trabalho no bairro Industrial, quando passou por um buraco em uma rodovia, se desequilibrou e caiu no canteiro central.

Socorrido pelo Corpo de Bombeiros, ele foi encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HUANA), onde os médicos constataram que ficou paraplégico.

Posteriormente, ainda precisou passar por um procedimento para colocar oito parafusos e uma gaiola de titânio na coluna, para então ser encaminhado, por tempo indeterminado, para reabilitação em Goiânia.

Para a magistrada, a má conservação da rua foi determinante para provocar o acidente que levou Ednaldo para a cadeira de rodas.

“Não se afigura razoável presumir, ao contrário do argumentado pela parte requerida, que o requerente se encontrava em alta velocidade, pois, se estivesse em baixa não teria perdido o controle do veículo”, afirmou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade