PublicidadePublicidade

Com medo, professores da rede municipal de Anápolis decidem entrar em greve

Paralisação será geral e já tem data para ser iniciada na cidade

Rafaella Soares Rafaella Soares -
(Foto: Divulgação)

Os professores da rede municipal de Anápolis vão entrar em greve na próxima segunda-feira (09). A decisão foi tomada pela categoria durante uma assembleia geral realizada virtualmente nesta terça-feira (03).

Em nota, o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino de Anápolis (SINPMA) afirmou que a paralisação é geral e que o comunicado sobre a medida será enviado à Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A greve tem o objetivo de reivindicar que o sistema remoto de aulas seja mantido até a conclusão da vacinação, uma vez que os educadores têm medo de retornar para a modalidade presencial e se contaminar com o novo coronavírus.

PublicidadePublicidade

A confirmação desse temor dos profissionais, conforme o SINPMA, veio a partir de vários desabafos sobre as ruins condições estruturais e sanitárias das escolas, e pelo resultado de uma enquete em que tiveram que responder as seguintes perguntas:

– Você se sente seguro para retornar às aulas presenciais com apenas uma dose da vacina?
– Sua unidade escolar tem condições, de acordo com o protocolo, para receber estudantes e professores?
– Você é a favor da greve?

“Os resultados demonstraram como todos estão com receio deste momento incerto e que, realmente, optam pela continuação do ensino remoto enquanto esperam o esquema vacinal ser completado. Continuamos na luta pela sobrevivência em meio a tantas incertezas”, afirmou a professora Márcia Abdala, presidente no SINPMA.

“Só nas últimas 24 horas, foram registrados cerca de 300 novos casos e contabilizados mais seis óbitos na estatística de Anápolis. Estamos em crescente no número de casos e precisamos ter cautela, pois todas as vidas importam. Essa Assembleia demonstra a temeridade neste período para expormos toda a comunidade escolar neste risco da pandemia da Covid-19”, acrescentou.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade