PublicidadePublicidade

Estudo revela porque pode ser perigoso tomar banho todos os dias

E se a gente te falar que cientificamente você não pode tomar banho diariamente? Saiba qual a quantidade correta

Anna Júlia Steckelberg -
tomar banho todos os dias
Banhar todos os dias não é recomendado pelos especialistas. (Foto: Cláudia Back/Unsplash)

Não é segredo para ninguém que nosso hábito de tomar banho diário veio dos indígenas. Mas quantos banhos exatamente você toma por dia? Saiba que a frequência do banho, dependendo da saúde e higiene, pode ser muito controversa. Visto que alguns especialistas afirmam que não é necessário fazer isso todos os dias.

Vamos lá, segundo muitos dermatologistas, um tomar banho pode revitalizar o corpo, mas os excessos podem causar diversos problemas de pele. Basicamente, a barreira biológica cutânea pode se deteriorar, gerando a alteração da microflora ou bioflora usual. Logo, o melhor para o organismo é que esses indicadores estejam intactos.

Você não tem que tomar banho todos os dias

Primeiramente, um estudo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, afirmou que tomar banho todos os dias não só não é necessário, mas é prejudicial. Além disso, muitas vezes a pele perde seus óleos naturais, segundo os pesquisadores. 

PublicidadePublicidade

Nesse entretempo, muita gente acha que o banho serve para nos deixar mais limpos, mas bacteriologicamente não é isso que ocorre. Em resumo, a higiene diária altera as bactérias no sistema imunológico.

Para completar ainda mais, os produtos como sabonete ou xampu alteram o equilíbrio entre os óleos da derme e as bactérias que a habitam é alterado.

Qual é a frequência adequada?

Ok, mas qual, de fato, é a quantidade que se deve tomar banho? Entenda: tomar banho todos os dias não é bom, a menos que a atividade física seja habitual. Assim, nestes casos, recomenda-se um banho antes e outro depois dos exercícios, mas com duração bem menor do que o habitual.

Logo, dois ou três banhos por semana serão suficientes no caso de uma pessoa com hábitos sedentários. Além disso, é necessário considerar o tipo de pele, nível de sensibilidade e idade, para avaliar o que corresponde em cada caso.

Por fim, é prudente identificar quais são as partes do corpo mais sujas para serem as principais a serem enxaguadas. Aqueles que tendem a estar neste grupo são os que produzem odores mais rapidamente, como axilas, virilhas ou genitais.

E aí, o que achou disso? Vai deixar de tomar o seu banho diário?

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade