O acordo feito em Anápolis por ex-adversário de Macri que a Argentina está comemorando

Trigo e produtos da indústria de transformação devem ser a maior demanda atendida

Danilo Boaventura -
Daniel Scioli é embaixador da Argentina no Brasil. (Foto: Divulgação)

Qualquer mercadoria encomendada na Argentina que passar pelo Porto Seco de Anápolis terá um desconto de 15% nos serviços aduaneiros.

Costurado por Daniel Scioli, que é o embaixador do país vizinho no Brasil, o acordo foi anunciado na conta que ele mantém no Twitter.

O trigo e produtos da indústria de transformação devem ser a maior demanda atendida. O feito está sendo comemorado pela Argentina.

Antes de comandar a Embaixada no Brasil, Daniel Scioli foi vice-presidente do país na era Néstor Kirchner e governador da província de Buenos Aires por duas vezes.

Em 2015 se tornou o maior adversário de Maurício Macri nas eleições presidenciais.

Saiu na frente no primeiro turno, mas acabou sendo derrotado pelo empresário no segundo turno.

Falando em eleição

A vontade de Jair Bolsonaro se impôs e o PL goiano terá não somente de abonar a filiação do deputado Major Vitor Hugo como também deixá-lo livre para tentar concorrer ao Governo de Goiás pelo partido.

Operadores políticos ouvidos pela seção Rápidas convergem na avaliação de que o puro e simples apoio do presidente não é suficiente sequer para que o bolsonarista seja competitivo.

Talvez seria em 2018, mas em 2022 a política e o humor do eleitorado voltou ao normal. A conferir.

Complicou mais

Certo mesmo é que cada dia mais o tempo passa e o cerco se fecha para Gustavo Mendanha, que além do nanico Patriota tem apenas o PSDB como opção para concorrer ao Palácio Pedro Ludovico.

Botando medo

Moradores do condomínio Belas Artes, na região Norte de Anápolis, estão tendo que fechar janelas dos carros e em hipótese alguma deixar a porta aberta.

O medo não é de roubo nem de bandido, mas sim de cobras que estão aparecendo nas casas e “tocando o terror”.

Maria da Penha

Laudo do exame de corpo de delito feito no IML pela mulher que apanhou do namorado advogado e “CEO de um portal de Anápolis” apontou que ela realmente estava com lesões no pescoço e braço.

Em depoimento à Polícia Civil, ela disse que foi enforcada e chegou a perder a consciência. O caso já foi remetido para a Delegacia da Mulher.

Nota 10

Para as bolsas produzidas pela professora universitária e ex-primeira-dama de Anápolis, Rosana Lobo Sahium. O capricho das peças é gigante e o bom gosto não fica por menos.

Nota Zero

Para o iFood. A funcionalidade de cancelamento no aplicativo simplesmente não funciona e ter o dinheiro de volta em situações problemas vira um martírio.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade