De Miami a Cristo Redentor: 6 fatos da cidade que poucos anapolinos conhecem

Município quase teve um grande lago no Centro e distrito esteve perto de ser emancipado para sediar Base Aérea

Lucas Tavares -
Vista privilegiada faz do Morro da Capuava um dos principais pontos de visitação de todo o município. (Foto: Reprodução)

Pode ser difícil para quem é de fora entender, mas Anápolis é uma cidade diferente das outras. Os que nasceram ou escolheram morar por aqui sabem que não faltam peculiaridades em relação ao município.

Desde casos curiosos como um Cristo Redentor no alto do Morro da Capuava, até histórias marcantes que definem a cidade como uma das mais importantes do Centro-Oeste brasileiro.

Por conta disso, o Portal 6 preparou uma lista com fatos marcantes, mas que ao longo do tempo acabaram esquecidos por parte da população.

Cristo Redentor no Morro da Capuava

No ano de 1957, um pequeno grupo de pessoas tentou organizar a construção de uma réplica do Cristo Redentor no Morro da Capuava.

A ideia agradou diversos moradores e a imprensa, que ajudou na campanha de arrecadação para as obras. Porém, a empolgação durou pouco e a construção nem começou.

Voo para Miami

Se você acha que um aeroporto faz falta em Anápolis, imagina quando souber que na cidade tinha um voo direto para Miami.

Bom, não tão direto assim. É que um avião, que saía do Rio de Janeiro, pousava por aqui e depois seguia parando nos estados do Maranhão e Pará.

Depois passava pela Guiana Francesa e Trinidad e Tobago até, finalmente, chegar em Miami.

Interlândia emancipada e sede da base aérea

Em 1973, em meio a ditadura militar, Anápolis teve um prefeito cassado. A essa altura, a cidade já era uma área de segurança nacional e em pouco mais de dez anos teve nove prefeitos nomeados pelos militares.

Nos anos 80, com a reabertura gradual da democracia, a cidade ficou aquém do processo por conta da base área e não pôde escolher o prefeito.

Isso não agradou a população que sugeriu a emancipação do distrito de Interlândia e a transferência formal da área militar pra o novo município.

Pouco tempo depois a ideia foi descartada, já que em 1982, com a eleição direta para o governo, Goiás colocou um opositor à ditadura no poder e a campanha para eleição de um novo prefeito ganhou força.

Em 85, o presidente José Sarney sancionou a Lei que reestabeleceu as disputas municipais.

Anápolis não foi fundada em 31 de julho

Muito pensam que o feriado do dia 31 de julho, quando se comemora o aniversário de Anápolis, é por conta da fundação da cidade.

Mas essa data, na verdade, diz respeito a quando o nome atual foi adotado e a Vila de Sant’Anna das Antas elevada a cidade, em 1907.

A fundação do município foi em 06 de agosto de 1873, ainda como freguesia e emancipada em 15 de dezembro de 1887.

Córrego das Antas quase foi um lago

O Córrego das Antes, que corta grande parte de Anápolis, já deu muito trabalho para os moradores que se fixaram nas proximidades.

É que na chamada “baixada das antas”, entre a Vila Góis e a vila Santa Maria de Nazareth, as águas eram acompanhadas por um brejo, infestado de insetos e animais. Além de alagar tudo a sua volta em época de chuva.

Uma das opções sugeridas inicialmente era transformar o trecho em um grande lago, que serviria como área de lazer para a população.

Porém, com a demora em se efetivar a ação e a poluição aumentando aos logos dos anos, a iniciativa ficou inviável.

Território perdido por Anápolis

Anápolis tem uma área de 933,156 km², que é considerada grande se comparada com outros municípios. Mas esse número já foi bem maior.

Ao longo dos anos, a cidade foi perdendo território com a emancipação de vários distritos, entre eles Nerópolis, Brazabrantes, Goianápolis, Nova Veneza, Ouro Verde, Campo Limpo e Damolândia.

Até mesmo parte de Goiânia já pertenceu a Anápolis, até o ano de 1935, quando um decreto determinou que o terreno pertencia a nova capital de Goiás.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade