PublicidadePublicidade

Matou cachorro da família, deu soco em criança e agora está proibido de se aproximar da esposa

Juiz também determinou que o homem não poderá frequentar bares, festas, boates e prostíbulos

Denilson Boaventura Denilson Boaventura -
(Foto: Reprodução)

Mãe e filha viveram momentos de tensão na noite da última sexta-feira (07), em Anápolis. A mulher, de 27 anos, precisou chamar a Polícia Militar (PM) para conter o companheiro que estava fora de si.

Bastante embriagado e agressivo, o homem, de 38 anos, matou o cachorro da família no Residencial do Cerrado e ameaçou fazer a mesma coisa com a esposa.

O estopim foi dar um soco na barriga da criança, de apenas 5 anos. A mãe contou aos militares que a força do golpe fez a pequena cair no chão.

PublicidadePublicidade

“Desgraçada, vou arrancar sua cabeça”, teria prometido à mulher antes de ser levado pela PM até à Central de Flagrantes. O homem, porém, pagou uma fiança de R$1.100 para não ficar preso.

Mas, apesar de ficar em liberdade, o juiz plantonista Fernando Augusto Chacha de Rezende determinou que ele está proibido de se aproximar da companheira e da filha.

Também o proibiu de frequentar bares, festas, boates, prostíbulos e afins para evitar o risco de novas infrações. E estabeleceu que mensalmente o homem deve comparecer em juízo e justificar suas atividades.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade