PublicidadePublicidade

Para evitar fraudes no cartão, ônibus passam a fazer reconhecimento facial na Grande Goiânia

Se as fotos não coincidirem na leitura, o Sitpass é automaticamente bloqueado

Pedro Ribeiro -
Sistema de bilhetagem eletrônica também será implementado para estudantes (Foto: Divulgação/RMTC)

A biometria de reconhecimento facial passa a ser uma realidade para todos que possuem o passe livre estudantil a partir desta terça-feira (05), em toda a grande Goiânia e municípios da região Metropolitana.

O controle feito pelo reconhecimento da face é uma medida da Rede Metropolitana de Transportes Coletivos (RMTC) para evitar a utilização incorreta do Sitpass.

Este sistema de bilhetagem eletrônica está sendo implementado desde 23 de janeiro de 2021.

Segundo a RedeMod, o reconhecimento facial tem se mostrando eficaz para evitar fraudes com o cartão do Sitpass.

Através da captura de imagens o sistema realiza uma comparação com a foto de cadastro do usuário. Se as fotos não coincidirem, o cartão é automaticamente bloqueado.

Com o passe livre estudantil, os alunos têm direito a 48 viagens por mês para se deslocar de casa à instituição de ensino.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade