6 coisas que aconteceram em 2021 e emocionaram Anápolis

Homenagens para os que já se foram e surpresas comoventes foram algumas das ações mais impactantes do ano no município

Caio Henrique -
Homenagem foi dedicada às mais de 1 mil vítimas da doença no município. (Foto: Divulgação/Secom)

O ano de 2021 foi marcado por diversos acontecimentos de impacto: a continuidade da pandemia, acidentes trágicos, perdas importantes, mas, acima de tudo, o ano se consagrou como algo muito maior.

Como esperança. A luz no fim do túnel logo após um período de muita surpresa e dor. Hoje, o mundo vive em um cenário mais ameno, com altos índices de vacinação e o flerte com a velha conhecida “normalidade”.

Mesmo em meio ao período difícil, Anápolis se destacou no protagonismo de muitas histórias emocionantes, de superação e empatia, que comprovaram a força do sentimento de resiliência em busca de dias melhores.

“Golaço” no Brasileirão

Um destes exemplos aconteceu bem no início do ano, no dia 24 de janeiro, quando o atacante Luciano, do São Paulo, homenageou Jhonathan Dutra, irmão de criação do bairro Recanto do Sol, que faleceu por conta de um câncer.

O atleta, além de estampar o nome do amigo nas costas durante a partida do maior torneio nacional de futebol, dedicou uma comemoração após marcar um gol aos 13 minutos do segundo tempo.

Homenagem a vítimas da Covid-19

Embaladas pelo “Dia Internacional da Enfermagem”, comemorado em maio, enfermeiras do Centro de Internação Norma Pizzari Gonçalves, criado exclusivamente para vítimas da doença, realizaram uma linda homenagem no município.

Acompanhados dos nomes das mais de 1 mil vítimas do município até aquele momento, balões brancos foram lançados em direção ao céu de Anápolis.

Corpo de Bombeiros

João Lucas, um anapolino de cinco aninhos portador do Transtorno do Espectro Autista (TEA) e posteriormente diagnosticado com leucemia, teve o sonho realizado em uma festinha de aniversário, celebradana primeira semana de julho.

Isso porque o Corpo de Bombeiros decidiu marcar presença na comemoração, com direito a muita sirene, barulho e até mesmo passeio nas tradicionais viaturas.

O próprio comandante da corporação fez questão de comparecer e dirigir o veículo na festa que embalou toda a família e também os militares.

Presente surpresa

O mês de agosto ficou marcado por um tremendo gesto de solidariedade na Rua General Joaquim Inácio, uma das principais do Centro de Anápolis.

Lá, uma benfeitora passou em um estabelecimento infantil, localizado na própria via, e comprou diversas roupinhas e um carrinho de bebê.

Porém, não para ela, mas sim para a mulher que estava deitada com o filhinho na calçada do outro lado da rua. A cena foi gravada e tomou todos de surpresa, gerando uma comoção enorme no município.

Recepção da CPE

Os policiais da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) de Anápolis são constantemente taxados, até mesmo por conta da linha de trabalho, como “durões e casca-grossa”, o que pode ser verdade por grande parte do tempo.

Mas não na manhã do dia 10 de novembro, quando se reuniram para receber o 1º Sargento Wilker na porta do Hospital Evangélico Goiano (HEG), onde esteve internado por 43 dias, sendo 24 deles na UTI.

A surpresa foi emocionante e mostrou um pouco do amor entre os colegas de farda.

Surpresa para a mãe

Recentemente, já no mês de dezembro, Anápolis voltou a figurar no âmbito das histórias comoventes, quando o zagueiro Paulo Eduardo, do Cruzeiro, viralizou nas redes sociais ao postar um vídeo realizando o sonho da mãe de ter uma casa.

Natural do município, o atleta fez um discurso que pegou a genitora totalmente de surpresa, logo antes de entregar à ela a chave do apartamento novinho.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.